Livros

Dentro do Olho Dentro

Dentro do Olho Dentro

(conto). Porto Alegre: WS Editor, 2001.

Foi publicado depois de ter vencido, como conto inédito, o Prêmio Luiz Vilela de 2001, sob o formato de livrinho de bolso. É uma das histórias de que mais gosto. Recordo que tinha em mente pôr em ação o relógio que há nos olhos dos gatos, segundo Baudelaire (les chinois voient l'heure dans l'oeil des chats). A perspectiva de quem sai para buscar a morte do avô me deu a trama: era preciso demorar ao máximo para manter o avô vivo. Optei por linguagem e estrutura que lembrassem o lúdico da infância, ilustrando os ritos de passagem do menino narrador, reminiscências de um adulto. A narrativa acabou em espiral. Volnyr Santos foi convidado a escrever um ensaio, elemento de releitura do texto. Era a proposta da série "Eco & Narciso", de Walmor Santos. A orelha do Carpinejar diz que "o conto é um canto, pura decantação da prosa". Se ele disse, deve ser mesmo.